Beber mais água pode te ajudar a emagrecer: saiba o porquê

Escrito por Carol Kirsch

iStock

Ingerir algo com zero calorias e perder peso sem nenhum esforço físico: esses são provavelmente os maiores sonhos de quem vive em luta contra a balança. E se a gente te contasse que existe algo que você pode fazer que se encaixa nas duas categorias?

É isso mesmo! Beber água pode te ajudar a entrar em forma. É claro que hábitos saudáveis, como uma alimentação equilibrada e a prática regular de exercícios físicos, são indispensáveis, mas aumentar seu consumo de água pode fazer toda a diferença. Vamos entender porque esse hábito tão simples faz toda a diferença?

Por que beber água emagrece?

iStock

Vamos entender porque esse hábito tão simples faz toda a diferença?

1. Ajuda a queimar calorias

Estudos apontam que a água pode te ajudar a queimar mais calorias, mesmo em repouso. Isso ocorre porque ela produz um efeito termogênico, ou seja, logo após o consumo, seu metabolismo pode acelerar até 30%, o que influencia na queima de energia (1, 2, 3). Uma vez que esse efeito pode durar até uma hora, o consumo de água antes e durante a prática de exercícios pode aumentar o seu efeito.

Um estudo realizado nos Estados Unidos acompanhou mulheres por um ano e examinou os efeitos do aumento da ingestão de água. Essa mudança de hábito fez com que elas perdessem aproximadamente 2 kg em um ano. Uma perda modesta, mas bem impressionante se levarmos em conta que ela foi gerada por uma simples mudança na ingestão de líquidos. Esse efeito pode ser potencializado ao resfriar a água, já que seu corpo gasta mais calorias para voltar à sua temperatura natural (4, 5). 

2. Pode reduzir o apetite

Beber água antes das refeições pode aumentar a saciedade, fazendo com que se coma menos. Em um estudo, os participantes que beberam água antes de cada refeição perderam 44% mais peso em comparação com um grupo que não tinha o mesmo hábito. Um outro estudo, que analisou a ingestão calórica em vez do peso, descobriu que a ingestão de água antes do café da manhã reduziu em 13% o consumo calórico (6, 7, 8, 9).
 

3. Melhora seu desempenho nos exercícios

Ficarmos hidratados é particularmente importante durante a prática de exercícios físicos. Não é incomum que atletas percam de 6% a 10% do seu peso em água através do suor. Consequentemente, isso pode levar ao descontrole da temperatura corporal, à redução da motivação e ao aumento da fadiga. Ao beber água, esses efeitos são amenizados, garantindo um melhor rendimento na prática esportiva (10).

4. Possui menos calorias do que outras bebidas

Muitas pessoas, ao buscarem uma alimentação mais saudável tendo em vista o emagrecimento, optam por sucos de frutas ou bebidas lácteas. Embora saudáveis em muitos casos, essas opções costumam ser bastante calóricas e ricas em açúcar. Ao substituir outras bebidas por água durante as refeições, é possível conseguir uma redução de até 9% na ingestão de calorias diárias (11, 12, 13).

5. Faz o intestino funcionar melhor

Não é incomum que a sensação de inchaço e a má digestão interfiram nos resultados de quem está buscando o emagrecimento. Ao aumentar o consumo de fibras para este fim, muitas pessoas esquecem que o consumo de líquidos é de extrema importância, e acabam ficando constipadas. Ao aumentar o consumo de líquido, o funcionamento do intestino melhora consideravelmente, o que acaba por influenciar na perda de peso e em uma melhor absorção dos nutrientes (14).
 
Convencido de que deve aumentar seu consumo de água? Além de fazer bem, é um líquido acessível e que todo mundo tem em casa.

E quanta água eu devo beber?

iStock

É muito comum que se encontrem recomendações de que o consumo ideal de água esteja entre 2 a 3 litros diários. No entanto, esse é um número genérico que não leva em consideração muitas condições do indivíduo e de seu ambiente.  

Idosos e lactantes precisam ingerir mais água. Um clima quente e seco requer maior consumo do que num dia frio e chuvoso. Exercícios são outro vetor fundamental nessa equação, além de levar em consideração a intensidade e duração da atividade física.    

Por via de regra, você deve beber água sempre que sentir sede, e o suficiente para matar a sua sede. Mas também vale estar atento aos sinais do seu corpo: dor de cabeça, problemas de concentração e vontade de comer doces podem ser sinais de que você está desidratado.
 
Lembre-se que não é recomendável exagerar na água sob pena de perder sais minerais essenciais e de provocar problemas devido à toxicidade da água no organismo. Feitas essas considerações, nada substitui o acompanhamento de um médico ou de um nutricionista.