Manga: veja os 5 benefícios dessa fruta para o seu corpo

Escrito por Isabella Cunha

Foto: iStock


A manga foi nomeada uma das frutas mais consumidas no mundo. Isso pelo fato seguinte fato: além de ser deliciosa, ela possui uma grande quantidade de benefícios para a nossa saúde.

Quando você come essa fruta deliciosa, com seu sabor doce e textura suculenta, provavelmente não pensa nos imensos benefícios à saúde que vêm com cada mordida. Mas, ao escolher a manga, você está fazendo maravilhas ao seu corpo: uma porção contém uma abundância de vitaminas, minerais e antioxidantes que asseguram sua saúde.

O estudo da Medical News Today Knowledge Center (1) fornece uma análise nutricional e um exame detalhado dos possíveis benefícios que essa fruta traz para a saúde, como incorporá-la à sua dieta e possíveis riscos à saúde associados ao consumo.

Confira, abaixo, as informações mais importantes desse estudo.

Valor nutricional da manga

Foto: iStock


Uma xícara contém (2):

  • 107 calorias
  • 0,8 gramas de proteína
  • 0,4 gramas de gordura
  • 27 gramas de carboidrato (24 gramas de açúcar e 3 gramas de fibras)
  • 76 % da necessidade diária de vitamina C
  • 25 % da necessidade diária de vitamina A
  • 6 % da necessidade diária de folato
  • 11 % da necessidade diária de vitamina B6
  • 9 % da necessidade diária de vitamina K

Além de tudo isso, essa fruta também contribui para o nosso corpo com cobre, cálcio e ferro; bem como com antioxidantes como a zeaxantina e o beta-caroteno.

5 benefícios surpreendentes da manga

Imagem: Pense Natural


A manga é uma fruta tropical da família drupe. Isso significa que ela possui uma única semente grande no seu interior. Existem muitas variedades de mangas. Elas variam em cor, forma, sabor e tamanho da semente. A casca pode possuir cores diversas: de verde a vermelho, amarelo ou laranja; já a sua a polpa interna é principalmente amarela dourada. Confira, abaixo, 5 benefícios que a manga traz a nossa saúde:

1. Previne a degeneração macular relacionada à idade

A zeaxantina (4), antioxidante encontrado na manga, filtra os raios de luz azul. Sendo assim, desempenha um papel protetor (5) na saúde dos nossos olhos e ajuda a prevenir os danos da degeneração macular.

É indicado consumir três porções de frutas por dia (seja manga ou qualquer outra fruta). Estudos mostraram que esse consumo ajuda a diminuir o risco da progressão da degeneração macular (6) relacionada à idade.

2. Previne a asma

O risco de desenvolver asma é menor em pessoas que consomem uma quantidade elevada de certos nutrientes. Um desses nutrientes é o beta-caroteno (7), encontrado em mangas, mamões, damascos, brócolis, melões, abóboras e cenouras.

3. Previne o câncer

Dietas ricas em beta-caroteno podem desempenhar um papel protetor contra o câncer de próstata, de acordo com um estudo realizado pelo Departamento de Nutrição da Harvard School of Public Health (8,9).

Em um estudo conduzido pela Texas AgriLife Research (10), cientistas testaram extratos de polifenóis da manga em tecidos de câncer de cólon, mama, pulmão, leucemia e próstata. Essa fruta mostrou ter algum impacto em todos os cânceres testados, mas foi mais eficaz no câncer de mama e do cólon.

4. Previne doenças cardíacas

O teor de fibras, potássio e vitaminas na manga ajuda a prevenir doenças cardíacas. Um aumento na ingestão de potássio, juntamente com uma diminuição na ingestão de sódio, é a mudança mais importante que uma pessoa pode fazer na sua dieta para reduzir o risco de hipertensão (11).

5. Nutre sua pele e cabelo

Essa fruta também é ótima para o cabelo pois contém vitamina A, um nutriente necessário para a produção de sebo, que mantém o cabelo hidratado. A vitamina A também é necessária para o crescimento de todos os tecidos corporais, incluindo a pele e o cabelo.

A ingestão adequada de vitamina C, encontrada em apenas 1 xícara de manga por dia, é necessária para a construção e manutenção do colágeno (12), que proporciona estrutura à pele e ao cabelo.

5 tipos de manga mais comuns no Brasil

Foto: iStock


Existem alguns tipos de manga e todas elas são versáteis, permitindo inclusive criar muitas receitas. Independente da variedade, todas elas ajudam a proteger e fortalecer o nosso corpo. Veja quais são as variedades mais populares no Brasil:

  • Manga Fiapo: é alongada e arredondada dos lados. Quando imatura sua cor é verde e quando madura apresenta a coloração amarelo-esverdeada. A polpa é suculenta, alaranjada, saborosa, doce, muito fibrosa e contém uma grande semente no centro.
  • Manga Rosa: também conhecida como Rosa da Bahia ou Rosa de Pernambuco, é tradicional do Brasil, muito precoce, sendo colhida antes da Tommy Atkins. Ela possui um delicioso aroma e é saborosa. É totalmente resistente à Fusariose (má-formação).
  • Manga Tommy: foi selecionada na Flórida em 1940 e introduzida no Brasil em 1960. É a variedade mais cultivada do Brasil e a principal manga de exportação para todo o mundo.
  • Manga Ubá:  é uma variedade natural Ubá, MG. Ela é muito saborosa,  muito produtiva mas não regular. É a principal variedade para produção de suco no Brasil.
  • Manga Palmer:  foi introduzida no Brasil na década de 60 e teve uma boa adaptação. Junto com a Tommy Atkins, essa variedade se tornou dominante no Brasil.
  • Manga Coitê: é uma variedade tradicional brasileira que é muito cultivada no Ceará. Produz frutos naturalmente o ano todo. Pode possuir frutos  grandes ou pequenos.

Advertências sobre o consumo da manga

A manga é uma das frutas mais doces e menos fibrosas, portanto, não exceda o consumo de duas porções por dia. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos recomenda que os adultos comam de 1 a 2 xícaras de frutas por dia. Para restante da sua ingestão diária de frutas, considere as que tenham mais fibras e menos açúcar, como frutas cítricas ou maçãs, que fornecem mais nutrientes e benefícios ao seu corpo.

Aqueles com alergia ao látex também podem ter uma reação adversa ao consumir mangas (assim como bananas, abacate e algumas outras frutas e vegetais).

Consumir muito potássio pode ser prejudicial para aqueles cujos rins não são totalmente funcionais. Se os seus rins não conseguem remover o excesso de potássio do sangue, isso pode ser fatal.