Óleo de gergelim: saiba mais sobre esse aliado da saúde

Escrito por Lia Nara Bau

iStock

Se você está buscando um óleo vegetal para incluir na sua alimentação e que promova muitos benefícios para a sua saúde, você acaba de encontrar! O óleo de gergelim é tudo isso e muito mais.

Os benefícios do óleo de gergelim incluem sua capacidade de melhorar a saúde do cabelo e da pele, estimula um forte crescimento dos ossos, reduz a pressão arterial, aumenta a saúde do coração, controla a ansiedade e depressão, melhora a saúde bucal, previne o câncer, melhora o processo digestivo e inflamações (1). Vamos descobrir tudo o que esse poderoso óleo pode fazer pela nossa saúde?

10 benefícios do óleo de gergelim

iStock

Os efeitos positivos do óleo de gergelim na nossa saúde são atribuídos à sua composição química, caracterizada por baixo nível de ácidos graxos saturados e a presença de antioxidantes (2).

1. Controla o colesterol

Apresenta um alto conteúdo de ácidos graxos insaturados (60%), especialmente oleico e linoleico, que reduzem o nível de colesterol LDL e IDL no sangue (3).

2. Previne doenças cardíacas

Contém ácidos graxos poliinsaturados, que ajudam a prevenir doenças cardíacas e diminuem os níveis de triglicérides plasmáticos (3). O óleo de gergelim contém uma grande variedade de ácidos graxos poliinsaturados, incluindo sesamol e sesamina. Isso pode manter o sistema cardiovascular equilibrado e mantém os níveis de colesterol baixo. Ele também pode deixar cair os níveis de colesterol que o corpo já possui, reduzindo assim a aterosclerose (1).

3. Melhora a saúde do cabelo

O óleo de gergelim tem sido tradicionalmente usado para melhorar a saúde dos cabelos. Ele pode ajudar a escurecer a cor do cabelo e também eliminar a queda dos fios. Além disso, os efeitos antibacterianos do óleo de gergelim podem ajudar a eliminar qualquer um dos patógenos ou corpos estranhos que podem atacar o couro cabeludo ou o cabelo.
(1).

4. Melhora a saúde da pele

O óleo de gergelim é rico em zinco, que é um dos minerais mais importantes no corpo para a pele. Ele pode aumentar a elasticidade da pele e a suavidade, ajudando a reduzir o aparecimento de manchas no decorrer da idade e eliminar problemas de pele, incluindo o envelhecimento prematuro. O óleo de gergelim pode também ser usado como um filtro solar, uma vez que cria uma camada de proteção sobre a pele, que é outra maneira de proteger o organismo contra substâncias estranhas ou toxinas (1).

5. Promove o crescimento ósseo

Há três minerais essenciais para o crescimento dos ossos do corpo presentes no óleo de gergelim: cobre, zinco e cálcio. O consumo do óleo pode aumentar a taxa do crescimento ósseo e desenvolvimento. Conforme você envelhece, o óleo de gergelim pode ajudar a evitar a osteoporose e várias outras deficiências relacionadas com a idade dos ossos (1).

6. Combate a ansiedade e a depressão

A tirosina é um aminoácido que se encontra em quantidades relativamente elevadas no óleo de gergelim. A tirosina foi conectada diretamente à atividade da serotonina que é liberada no cérebro, o que pode ajudar a melhorar o humor, inundando o corpo com enzimas e hormônios que fazem uma pessoa se sentir feliz. Ou seja, quando você está sofrendo de ansiedade ou depressão, o óleo de gergelim pode ajudar, dando um impulso positivo e transformar o seu humor (1).

7. Melhora a saúde bucal

O óleo de gergelim pode ser utilizado como enxaguante bucal. Este processo tem sido diretamente ligado a dentes mais brancos, baixos níveis da placa bacteriana e a proteção contra certos mutantes estreptococos que podem nos fazer muito mal. Os efeitos antibacterianos poderosos deste óleo são a principal causa deste aumento na saúde bucal (1).

8. Previne o câncer

Contém um composto orgânico chamado fitato, que foi diretamente ligado a uma redução no desenvolvimento de câncer. Além disso, os níveis de magnésio no óleo de gergelim são elevados, trata-se de um mineral essencial que está diretamente ligado às chances de reduzir o câncer de colo retal. O teor de cálcio também é muito benéfico para a prevenção do câncer de cólon (1).

9. Ajuda a circulação e o metabolismo

Os altos teores de cobre e de zinco significam que o corpo é capaz de funcionar perfeitamente, principalmente porque o cobre é necessário para a produção de células vermelhas do sangue. Com a porcentagem significativa de cobre no óleo de gergelim, o seu corpo tem a certeza de obter a quantidade de sangue que flui para os órgãos e tecidos (1).

10. Combate inflamações

O cobre é naturalmente uma substância anti-inflamatória e os níveis elevados de cobre encontrados no óleo de gergelim podem ajudar a reduzir a inflamação e o desconforto de várias condições, tais como a gota e artrite. Ele reduz o inchaço das articulações e fortalece os ossos e vasos sanguíneos, ajudando a manter a sua estrutura forte e resistente (1).

Trata-se de um item excelente para você incluir agora mesmo na sua dieta!

Óleo de gergelim emagrece?

iStock

Além de todos os benefícios já citados, esse óleo poderoso ajuda no processo de emagrecimento. Isso ocorre por diversos fatores.

O óleo contém vitamina E, por exemplo, que é responsável pela formação dos músculos. Já a sesamina presente no óleo de gergelim pode otimizar a queima de gordura. Também é rico em fibras, o que auxilia no funcionamento do intestino.

E, ainda, o ômega 3 contido no óleo de gergelim ajuda a regular os níveis de leptina, um hormônio que “avisa” o cérebro sobre a hora de parar de comer. Ou seja, todos esses fatores são aliados na perda de peso.

Óleo de gergelim: como usar

iStock

  • Uso alimentício: na culinária, o óleo de gergelim pode ser usado no preparo de alimentos e para temperar saladas. O recomendado são 5 a 10 gramas/dia (1 a 2 colheres de sopa equivalem a 9 calorias) (1).
  • Uso cosmético: pode estar contido em produtos cosméticos para a pele e cabelos. A dose recomendada é de de 1% a 5% em produtos cosméticos (1).
  • Observe sempre as dosagens, pois qualquer ingrediente em excesso pode se tornar prejudicial.

    Contraindicações e efeitos colaterais

    iStock

    O óleo de gergelim pode ser utilizado por qualquer pessoa, tanto na alimentação, quanto em produtos cosméticos.

    Contudo, deve ser consumido com moderação, como qualquer alimento. Em grandes quantidades, o óleo pode facilitar o ganho de peso, pois é calórico (cerca de 570 calorias em 100 gramas) e apresenta grande volume de ácidos graxos. Também pode causar dores de estômago e irritações no cólon.

    A composição nutricional da semente de gergelim possui de 50% a 60% de óleo, 20% de proteína, 18% de carboidrato, 5% de fibras e ainda, cálcio, fósforo, ferro, potássio, sódio, magnésio e enxofre. O óleo apresenta alta porcentagem de ácido graxo oleico, portanto, é um alimento rico em proteínas e sais minerais (3).

    Inclua o óleo de gergelim na sua alimentação e sinta todos os benefícios dessa sementinha poderosa!