Óleo de copaíba: um bálsamo com múltiplos benefícios para o organismo

Escrito por Andreia Miranda

iStock

O óleo de copaíba está se tornando cada vez mais popular no Brasil e no exterior. Também conhecido como bálsamo de copaíba ou óleo resina, esse produto medicinal possui diversas utilidades e pode trazer melhorias significativas à saúde humana. Isso porque ele pode amenizar dores digestivas, respiratórias, intestinais e urinárias.

Vale salientar que esse óleo é obtido de uma famosa planta, a copaibeira ou pau-de-óleo. A espécie é encontrada em vários estados brasileiros, principalmente os da região nordeste, sudeste e centro-oeste. Então, que tal compreender como o óleo de copaíba pode se encaixar positivamente na sua rotina?

Óleo de copaíba: indicações

iStock

Você ainda não conhece as principais funções curativas deste óleo natural? Não é de hoje que ele é destinado para as mais diferentes aplicações em pessoas de todas as faixas etárias. Quer descobrir tudo para adotar no seu cotidiano de uma vez? Confira:

1. Dores de garganta

O gargarejo com o óleo de copaíba é excelente para acabar com aquela inflamação de garganta tão incômoda. Essa solução auxilia a remediar as dores de amigdalite em função do β-cariofileno, que é o elemento químico responsável pela ação anti-inflamatória do óleo (1).

2. Reumatismo

Esse óleo medicinal serve para a realização de massagens em diversos pontos do corpo para melhorar as dores nas articulações causadas por doenças reumáticas. Sendo assim, o produto natural pode ser um grande aliado ao público da terceira idade (2).

3. Dores musculares e inflamações

Está sentindo aquela dor muscular insuportável ou acha que alguma região corporal está inflamada? A, já citada, ação anti-inflamatória deste óleo faz com que ele atue como um verdadeiro analgésico natural.

4. Tosse

Além de combater inflamações na garganta, esse óleo natural também deve ser lembrado sempre que você começar a tossir ou apresentar um quadro de bronquite. Isso acontece devido à atuação antisséptica de sua composição.

5. Cicatrização e cuidados com a pele

A história é uma das principais provas da atuação poderosa do óleo de copaíba há muitos séculos. Os povos indígenas da América Latina aplicavam essa espécie de resina nos seus machucados de guerra e caça.

Graças ao seu poder cicatrizante, antisséptico, anti-inflamatório e bactericida, esse óleo também pode ser aproveitado para suavizar diversos males na sua pele (3). A dica é usar contra erupções na sua pele, pano, dermatite, acne, frieira, micose, pé de atleta, entre outras lesões cutâneas.

Essas são apenas algumas das utilizações possíveis para o óleo de copaíba. Isso demonstra que esse elemento é excelente para acabar com dores e incômodos que podem lhe atormentar devido à correria, o estresse e os imprevistos do dia a dia. Com moderação, você só terá surpresas boas com esse óleo natural!

Como usar o óleo de copaíba

iStock

Agora que você já conhece os benefícios do extrato de copaíba, veja a seguir como usar corretamente esse óleo medicinal:

Compressa

Você está sentindo dores espalhadas pelo corpo? Esse desconforto pode variar desde problemas musculares até pontos tensionados. Mas, esse método é muito simples! Basta colocar cinco gotas de óleo de copaíba em 1L de água e realizar uma compressa na área afetada.

Aplicação na pele

Quando ocorre algum problema na pele, você pode preparar uma solução com esse óleo natural visando facilitar a cicatrização. Mistura cinco gotinhas do óleo com uma colher de sopa de óleo de calêndula e em seguida aplique a mistura sobre a ferida.

Massagem

Como já foi citado, este é um óleo anti-inflamatório e cai muito bem para uma massagem. Sobretudo quando você está sentindo alguma dor muscular que não cessa. É preciso adicionar 25 gotinhas de copaíba em aproximadamente 100ml de óleo vegetal e massagear o local tensionado.

Hidratante

Está sentindo os fios de cabelo ressecados e a pele do rosto desidratada? O óleo de copaíba é uma boa alternativa para resolver esses problemas de forma natural. A receita é bem simples: uma colher de óleo vegetal e uma gotinha de copaíba para aplicar no rosto e cinco gotinhas de óleo essencial misturadas a uma de copaíba são capazes de hidratar suas madeixas.

Hoje em dia, há inúmeros estudos sendo feitos visando descobrir o potencial completo deste óleo medicinal. Boa parte da capacidade curativa do óleo de copaíba já foi comprovada cientificamente, mas sempre pode bater aquela dúvida. Caso você tenha ficado com alguma, o ideal é procurar por esclarecimento com o profissional de saúde que lhe acompanha. Assim, você poderá explorar o óleo da melhor maneira possível!

Contraindicações e efeitos colaterais

iStock

Embora seja um óleo natural, o bálsamo de copaíba tende a gerar alguns efeitos indesejados se não houver um controle na sua utilização. Veja a seguir, algumas pessoas que devem evitar o uso do óleo de copaíba:

  • Grávidas: por ser um óleo, o produto pode provocar vômito, enjoo, tontura e até diarreia em mulheres grávidas;
  • Lactantes: de igual forma, mulheres que amamentam devem evitar o uso do bálsamo, pois efeitos colaterais parecidos podem ser transmitidos para o recém-nascido através do leite materno;
  • Pessoas com problemas gástricos: você sofre com algum mal relacionado ao seu sistema gástrico ou é extremamente sensível? Infelizmente, você não poderá usufruir dos benefícios proporcionados por este óleo medicinal. Isso porque a ingestão do produto pode provocar forte irritação no sistema gástrico.

Provavelmente, você já ouviu aquela expressão: “menos é mais”. No caso do óleo de copaíba, algumas gotas a mais já podem fazer uma grande diferença entre promover o seu bem-estar e causar uma série de efeitos indesejados.

Exceção feita às citações descritas nas contraindicações, esse é um óleo medicinal que pode agregar muito à sua saúde física. E por falar em óleo, conheça também os benefícios do óleo de erva-doce!