Chá de açafrão: benefícios que vão da pele ao humor

Escrito por Andreia Miranda

iStock

Você com certeza já ouviu falar do açafrão. Conhecido também como açafrão-da-Índia, ele é popular no Brasil. A planta leva o nome científico de Crocus sativus e é muito famosa principalmente em países asiáticos e europeus. Mas não só de tempero ela serve; o chá de açafrão também pode ser muito benéfico à saúde.

Em sua composição o açafrão é rico em alfa e betacaroteno, que são dois antioxidantes naturais. Além disso, ele também possui alfa-crocin, que dá a cor amarelada à planta e é excelente para proteger células nervosas. A seguir você conhecerá mais sobre os benefícios do chá para sua saúde, assim como as contraindicações e, de quebra, algumas receitas.

7 benefícios do chá de açafrão para a saúde

iStock

Essa planta é popular no mundo todo por ser um remédio natural. Ela age como antibiótico, antiviral, estimulante, antifúngico e até mesmo sedativo. Há ainda quem a consuma pela expectativa de perder peso. Entenda mais sobre os seus benefícios logo a seguir:

1. Antidepressivo

Estudos sugerem que o açafrão pode ser mais útil para a depressão de grau leve a moderado do que diversos medicamentos indicados para a doença. Além de ser natural, ele estimula a produção de serotonina, que é um neurotransmissor que regula o humor (1).

Assim, ao beber o chá de açafrão é possível ter uma maior sensação de bem-estar e até mesmo felicidade. Isso acontece justamente graças ao aumento da serotonina no organismo.

Mas atenção: o chá não pode substituir o acompanhamento médico e psicológico em casos de depressão. Ele deve, no máximo, ser usado como um estimulante. Consulte sempre um especialista para lidar com este transtorno sério.

2. Antioxidante

Os danos oxidativos são algumas das causas do envelhecimento precoce e estão associados aos radicais livres. Esses radicais livres causam a destruição de células saudáveis e por isso prejudicam o organismo.

Assim, os antioxidantes presentes na planta atuam como protetores das células, pois inibem a ação dos radicais livres. E ainda estimulam novos mecanismos antioxidantes a agirem também (2).

3. Previne o câncer

Além de proteger o organismo contra os radicais livres, o chá de açafrão também previne o câncer de outras formas. Composto pelos carotenoides crocin e safranal, ele inibe o desenvolvimento de tumores. Essas substâncias são especialmente positivas na proteção do câncer de cólon, fígado e ovário (3).

4. Fortalece a atividade cardíaca

Ainda graças à ação antioxidante, o açafrão também ajuda a fortalecer o coração (4). Ele promove a redução do colesterol e também dos triglicerídeos, o que previne de complicações circulatórias.

5. Esfoliante natural

A pele também é beneficiada com o açafrão por ele ser um antibacteriano, pois o seu extrato pode ser usado no tratamento contra a acne quando aplicado diretamente na pele (5). Como é um esfoliante natural, ele remove as células mortas, renovando a pele. Muitas pessoas o utilizam também em receitas para remover manchas.

6. Contribui para tonificação muscular

O chá de açafrão pode ser indicado para quem procura obter ossos mais fortes e a tonificação muscular (6). Como ele tem um nível alto de magnésio, aumenta o cálcio nos ossos e, com isso, ajuda ainda em doenças como a artrite. Quando ingerido diariamente pode atuar até mesmo na prevenção de doenças ósseas.

7. Pode auxiliar no emagrecimento

Muito se fala sobre a associação do chá de açafrão e a perda de peso. Isso também está ligado à serotonina, já que ela influencia no apetite. Pesquisas apontam que pessoas que ingerem a planta acabam sentindo menos fome, por isso o chá ganhou a fama de emagrecedor (7). Assim, a sensação de bem-estar promovida por ele também é importante para quem come em excesso graças ao descontrole emocional.

Como fazer chá de açafrão

  1. Aqueça 1 litro de água com 1 grama de açafrão;
  2. Aguarde 5 minutos enquanto a mistura ferve;
  3. Desligue e tampe o recipiente;
  4. Após esfriar ele está pronto para beber.

É preciso certo cuidado na hora de preparar o chá de açafrão. Por ser uma planta considerada tóxica, o açafrão não pode ser consumido em grande quantidade. No entanto, você ainda pode fazer outras receitas para bebê-lo:

Chá de açafrão com gengibre

  1. Aqueça 1 litro de água;
  2. Adicione 1 colher de chá de açafrão e diminua o fogo;
  3. Deixe em infusão por cerca de 15 minutos;
  4. Desligue e coe;
  5. Adicione 1 colher de chá de gengibre ralado e beba.

Chá de açafrão com canela

  1. Aqueça 1 litro de água;
  2. Acrescente 1 grama de canela à água e diminua o fogo;
  3. Acrescente um pau de canela e desligue o fogo;
  4. Aguarde por cerca de 10 minutos com o recipiente tampado e pode beber.

Chá de açafrão com mel

  1. Aqueça 1 litro de água;
  2. Adicione 1 colher de chá de açafrão e desligue o fogo;
  3. Deixe em infusão por cerca de 15 minutos;
  4. Desligue e coe;
  5. Adicione 1 colher de sobremesa de mel e beba ainda quente.

Outros ingredientes podem ser adicionados para potencializar os efeitos benéficos que a medicina alternativa pode trazer à sua saúde.

Contraindicações e efeitos colaterais

iStock

Como você já leu acima, é preciso ter cuidado com as doses de açafrão ao preparar o seu chá. O objetivo é evitar qualquer efeito colateral, já que mesmo sendo um produto natural o chá não está livre deles. A tontura e o aumento das cólicas menstruais podem ser alguns desses efeitos. Fique atento às principais contraindicações:

  • Pacientes com doenças do fígado: o consumo excessivo pode danificar o órgão nesses casos. Por isso, quem possui alguma doença hepática deve evitá-lo ou conversar com o médico antes;
  • Cólica biliar: pacientes que apresentam cálculos biliares podem ter aumento das ocorrências de cólicas. Assim, não se indica o consumo do chá de açafrão;
  • Gestantes: o consumo pode levar até mesmo ao aborto quando feito nas dosagens erradas. É por isso que ele não é indicado durante a gestação.

Além de todas as formas de consumir o açafrão, o chá pode ser a melhor alternativa de introduzir essa planta no dia a dia. Como é uma bebida fácil de ser ingerida, acaba se tornando uma forma natural de fortalecer a saúde. É claro que é preciso atenção às dosagens, mas com a indicação certa você pode melhorar o seu organismo.